Olá Pessoal,



5 dúvidas comuns ao higienizar o enxoval do recém-nascido



5 dúvidas comuns ao higienizar o enxoval do recém-nascido

Alguns cuidados são essenciais ao se higienizar o enxoval do recém-nascido, já que isso ajuda a evitar irritações e alergias, além de manter as roupinhas e outros itens macios por mais tempo.

Pensando nisso, reunimos aqui o que você precisa saber quando for lavar o enxoval do seu filhote. Confira abaixo a resposta para cinco dúvidas comuns sobre como higienizar o enxoval do recém-nascido:



1.   Quando lavar as roupas do bebê?



Preparar-se para a chegada de uma criança é sempre um evento. Comprar enxoval, arrumar espaço para organizar tudo e ainda por cima ter tudo impecavelmente pronto para a hora em que o bebê chegar em casa é tarefa árdua e muitas vezes estressante. Por isso, é sempre bom estar com tudo preparado o quanto antes.

O ideal é lavar as roupas à mão ou em ciclo delicado na máquina, cerca de dois meses antes do nascimento. As roupas novas, mesmo que empacotadas, devem ser lavadas para evitar qualquer tipo de alergia ou contato com bactérias. Para mais cuidados de como e quando lavar as roupas do bebê, leia este artigo.

2.   Que produtos usar na lavagem?


Quando lavar as roupas do bebê certifique-se de que está usando produtos de qualidade, neutros e hipoalergênicos. Sabão de coco e produtos específicos para lavar roupas de bebê são ideais para quem não quer correr o risco de ver o filhote se coçando sem entender por qual motivo. Amaciantes dermatologicamente testados também estão liberados e ajudam a evitar reações ocorridas pelo contato com a roupa.

3.   Como devo guardar o enxoval?

5 dúvidas comuns ao higienizar o enxoval do recém-nascido 

É importante que toda a roupa do bebê seja guardada em armários previamente limpos, com macacões separados de babadores e de toalhas e fraldas. Confira aqui mais dicas importantes para evitar mofo no armário da criançada.

4.   A importância de passar roupas?

Usar o ferro de passar nas roupas dos pequenos ajuda a esterilizar e eliminar chances de qualquer bactéria ou contaminação. Por ainda serem recém-nascidos, eles estão muito vulneráveis. E ainda que seja trabalhoso, faça isso com as roupinhas cuja etiqueta permita serem passadas à ferro, mesmo que elas tenham ido à máquina de secar.

5.   O que fazer com as doações?

Mamães e papais sabem como os amigos e parentes amam ajudar com doações nessa fase. Roupinhas, brinquedos, toalhas, babadores. Toda a generosidade aflora quando estamos prestes a ganhar um bebê. No entanto, todos os cuidados acima se aplicam às roupinhas e sapatos que vêm de doação. É necessário higienizar ao máximo, mesmo que elas “nunca tenham sido usadas” ou “só usaram uma vez”.



Gostou das dicas? Deixe abaixo seus comentários ou outros conselhos sobre o que fazer quando lavar as roupas do bebê!

Esse texto foi elaborado pela Cecilia - Mavens.




4 Comentários

  1. Essa é uma fase tão gostosa, me lembro até hoje de um monte de mini roupas penduradas no varal. Todo cuidado é pouco e adorei as dicas Mari. Bjos

    ResponderExcluir
  2. Nossa, nem faz tanto tempo assim, mas ja não me lembrava de varias coisas! Muito bom o post! Deu até saudade de ter um bebe em casa (mas a saudade passa rápido rs...)

    ResponderExcluir
  3. Todo cuidado é pouco na hora de lavar e guardar o enxoval do bebê. Sempre importante frisar que como nossas avós sempre falam até os 7 meses deve está tudo pronto para a chegada do recém nascido. Daqui uns dias vou começar a montar um novo enxoval :)

    ResponderExcluir
  4. Adoro essa fase do enxoval, preparar tudo, com meus filhos eu só usava o sabão de coco liquido. Dicas bacanas, adorei! bjokas

    ResponderExcluir