Como manter uma alimentação saudável na gravidez


8 de set de 2016


Olá queridos,




Como manter uma alimentação saudável na gravidez


Todo mundo sabe que manter uma alimentação saudável na gravidez é uma tarefa difícil, posso dizer por mim, comi muito durante a minha gestação, quer dizer comi por dois :).


Só que toda essa comilança não foi bom, pois engordei 28 quilos, e no final da gravidez não conseguia andar, estava inchada e tive pressão alta, se pudesse voltar atras com certeza tinha feito tudo diferente.


Então aqui vai algumas dicas para as futuras mamães se manterem saudáveis na gestação:





Os intervalos durante as refeições devem ser de 3 em 3 horas, sem exageros. Esse intervalo é indicado porque nosso corpo tem tempo de digerir e estar saciado todo o tempo.Os intervalos durante as refeições devem ser de 3 em 3 horas, sem exageros. Esse intervalo é indicado porque nosso corpo tem tempo de digerir e estar saciado todo o tempo.
Nos primeiros três meses de gestação a ingestão do ácido fólico é fundamental. Você pode encontrar esse nutriente em alimentos como carnes animais, aspargos e também espinafre.
A ingestão de ferro e cálcio deve ser elevada durante o segundo trimestre da gestação e você pode ingerir carnes vermelhas, feijão, leite, gergelim e verduras de cor escura para suprir essa demanda.
No terceiro trimestre é importante realizar seis refeições balanceadas todos os dias, tomar de 1,5 a 2 litros de líquido por dia e consumir muitas fibras e frutas. Prefira ingerir os líquidos nos intervalos entre as refeições e também dê preferência aos sucos orgânicos, que são mais saudáveis e naturais.
“A grávida deve comer por dois” é o principal mito que as gestantes encaram. Ao contrário do que se diz, se a gestante engordar pode prejudicar o desenvolvimento saudável do bebê, também dificultando a hora do parto. Siga a sua dieta e não exagere na hora de comer.
Durante a gravidez é indicado procurar um acompanhamento nutricional, para pode entender melhor suas novas necessidades orgânicas e montar um cardápio balanceado, com pelo menos um alimento de cada grupo da pirâmide alimentar.
Um bom programa de exercícios vai lhe dar a força e a resistência necessárias para carregar o peso extra da gravidez e para aguentar o estresse físico do parto. 

Também contribui para que você entre em forma mais rápido depois que o bebê nascer. Sem contar que ajuda a melhorar o humor, com a liberação da serotonina -- o que reduz o risco de você sucumbir a uma certa tristeza comum nessa fase.

Se você já está acostumada a se exercitar, o mais provável é que possa continuar com a mesma atividade, desde que esteja se sentindo confortável. Converse com a pessoa que orienta seu treino e avise que está grávida. 

Não faça esportes em que corra o risco de cair ou levar impactos. Os mais benéficos são atividades mais amenas, como 
caminhadas, natação, hidroginástica e ioga.
Dica primordial:
O segredo da alimentação balanceada na gravidez está na moderação e na variedade, então não exagere nas quantidades e busque variar o cardápio sempre que for possível. Assim você garante uma gravidez saudável e um parto tranquilo.

Esse post faz parte de uma iniciativa muito bacana que é a blogagem coletiva do Materinstas, quero deicar indicado as outras postagens do mesmo tema que valem muito a pena ser conferido.
Para conferir bastam clicar no nome do blog que será redirecionado.

Jaqueline Bernardo - Maes Apaixonadas
Vivi Maieski - Blog BabyLo
Roberta Duarte - Amigas Maes
Tania Santos - Blog Ser Mae
Josi Gama - Agora Somos Pais
Lu Emely - Recem Mae
Nathalia Padua - Eu mae de dois
Mila Miranda - Mundo da Mae
Valdirene Souza - Mamafante
Vitoria Aparecida - Mamae e Papai do Nathan

Me contem como foi a gravidez de vocês?
Se manteram saudável ou comeram por dois?




7 comentários:

  1. Na minha gestação eu não tive um habito nada saudável em relação a alimentação! Na próxima quero tentar pelo menos reduzir o consumo de besteira kk

    ResponderExcluir
  2. Mari, tive desejo de comida na gestação. Não uma específica, era todo tipo de comida... Eu devorava tudo. Engordei também 28 quilos e literalmente comi por dois. Se pudesse, também voltaria atras e tinha me cuidado mais. Adorei as dicas. Bjos

    ResponderExcluir
  3. Eu tive muito enjoo, se a comida era muito cheirosa eu naon conseguia comer kkkkkkk mas como muito feijão e sorvete, engordei uns 11kg! Mas tive pre eclampsia e tive que tirar sal nos últimos meses! Cuidar da alimentão na gestação é muito importante!l parabéns pelo post! Bjos

    ResponderExcluir
  4. é bem difícil, mas é o ideal

    ResponderExcluir
  5. Na minha gestação não fui nada saudável...me arrependo, porque os quilinhos a mais prosseguem....
    Beijos, www.blogbabylo.com

    ResponderExcluir
  6. Na primeira gestação eu era muito jovem então a alimentação não foi meu foco, tudo que comia colocava pra fora, foi terrível quase não comia nada com medo de passar mal. Na segunda gestação eu já estava mais preparada e cuidei bem só exagerava nos doces e sorvetes :)
    Amei seu post!
    Bjos Val
    www.mamafante.com.br

    ResponderExcluir
  7. A minha foi super tranquila, comia de tudo ai foi meu erro, comi muito doce menina, essa era minha tentação não teve jeito, aí veio a diabete gestacional, mais consegui controlar com a dieta que a nutricionista passou, não era muito alta, mais fiz mesmo assim e correu tudo bem, enjoava muito no sétimo mês pra frente, engraçado que era só no café da manhã rsrsrs marido que segurava coitado kkkk
    Bjs

    mamaenathan.blogspot.com

    ResponderExcluir