Vestido Hiroshima - Venham conhecer a marca


29 de set de 2016


Olá queridos,

Recebi a algum tempinho um vestido da Hiroshima e amei,serviu direitinho e ficou perfeito no corpo. Para ser sincera fiquei com medo de não servir ou não cair bem no corpo, pois não compro roupas por catalogo rsrs, quando chegou me surpreendi por ter ficado tão bom.






Esmalte da Semana - Laranja Siena Risqué


27 de set de 2016


Olá queridos,

Estou com esse esmalte a algum tempo para testar mas sempre deixava para depois, é um esmalte alegre e lindo.


Esmalte da Semana - Laranja Siena Risqué

Esmalte da Semana - Laranja Siena Risqué



Estresse Infantil, o que é, causa, como ajudar e sintomas de estresse infantil


26 de set de 2016




Estresse Infantil, o que é, causa, como ajudar e sintomas de estresse infantil


 Estresse Infantil, o que é, causa, como ajudar e sintomas de estresse infantil

O estresse infantil está preocupando cada vez mais os pais e educadores, mas afinal o que é estresse e porque está preocupando tando os pais?

Nesse post você vai saber tudo sobre o assunto.





Campanha multivacinação do SUS - Quem deve tomar


23 de set de 2016


Olá queridos,


Campanha multivacinação do SUS - Quem deve tomar



Essa semana começou a campanha " Multivacinação" do SUS, todas as vacinas disponíveis pelo SUS para crianças de até 5 anos e para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas. O esforço de vacinação vai até o dia 30 de setembro.



Para realizar as imunizações, o Ministério da Saúde enviou 19,2 milhões de doses extras das 14 vacinas para os postos de saúde de todo o país. Serão cerca de 36 mil postos fixos de vacinação e 350 mil profissionais de saúde envolvidos nos 12 dias de mobilização.




Pets - A vida secreta dos bichos


22 de set de 2016


Olá queridos,

Esse final de semana fomos assistir o filme " Pets - A vida secreta dos bichos" e adoramos, meu filho ficou vidrado assistindo e riu muito rsrsrs.


Pets - A vida secreta dos bichos


Vamos a sinopse:


Sinopse: "Max é um cachorrinho que mora em um apartamento de Manhattan. Quando seu dono traz para casa um viralata desleixado chamado Duke, Max não gosta nada, já que o seu tempo de bichinho de estimação favorito parece ter acabado. Mas logo eles vão ter que colocar as divergências de lado pois um coelhinho branco adorável chamado Snowball está construindo um exército de animais abandonados determinados a se vingar de todos os pets que tem dono."

Max vive sozinho com sua dona desde que ela o resgatou ainda filhote e vê seu reinado ameaçado quando ela aparece com um novo cachorro, três vezes maior que ele, em casa. Max acha que vai perder o amor da dona para o novo companheiro, que para ele parece extremamente ameaçador.


Ao tramar para fazer com que o grandão Duke se perca numa praça, Max acaba perdido junto e ambos vão sofrer nas mãos de animais que vivem no esgoto após serem rejeitados por seus donos: um coelho que pertencia a um mágico que perdeu o emprego quando o circo fechou “porque ninguém mais frequentava”, um porco que era de um tatuador que o usava como teste e foi abandonado depois de  ficar sem espaço na pele, e por aí vai. A crítica, claro, é evidente: humanos se desfazem de seus animais com enorme facilidade.




Multa para quem transporta crianças fora da cadeirinha irá aumentar


21 de set de 2016


Olá queridos,


Multa para quem transporta crianças fora da cadeirinha irá aumentar



Multa para quem transporta crianças fora da cadeirinha irá aumentar



Há mais de cinco anos o Brasil deu um importante passo para a prevenção de riscos às crianças no trânsito. Desde que a lei da cadeirinha entrou em vigor no país, a maioria dos pais passou a se preocupar com o uso de dispositivos de retenção.

No entanto, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, muitos motoristas ainda são imprudentes nesta questão. Só em 2015, nas rodovias federais houve a autuação de 740 motoristas que transportavam crianças sem o dispositivo.

A partir de novembro deste ano, a lei fica ainda mais rigorosa e a multa, que era de R$ 191,54 passará para R$ 293,47. Além disso, a fiscalização também será mais rígida. E os motoristas devem estar atentos: não é só a falta do equipamento que causa a infração, mas também o uso inadequado da cadeirinha.


Diferentes tipos de cadeirinha:

Existem três tipos principais de poltronas para crianças. Em termos de segurança, mais que a idade, o que interessa é o peso e a altura do seu filho, em relação ao que está escrito no manual de cada cadeirinha. 


·         Bebê-conforto: São cadeirinhas adequadas para bebês recém-nascidos até cerca de 9 kg (algumas até 13 kg), mais reclinadas, e que devem ser colocadas de costas para o banco da frente do carro.

Muitas vezes esses modelos possuem uma base que fica acoplada ao cinto de segurança, o que facilita a retirada da cadeirinha.

Esse tipo de bebê-conforto, com cinto de segurança interno de cinco pontos, encaixa na maioria dos carrinhos, o que significa que você pode tirar o bebê do carro dormindo, com cadeirinha e tudo, sem ter que incomodá-lo ou acordá-lo. São os chamados "travel systems". 

A desvantagem é que, depois que 
a criança chega ao limite de peso (9 kg ou até 13 kg), é necessário comprar outra poltrona. 


·         Poltronas reversíveis: São cadeirinhas projetadas para carregar desde recém-nascidos até crianças de cerca de 16 kg ou mais, dependendo do modelo. Enquanto o bebê é pequeno, esses modelos são instalados de costas para o banco da frente do carro.

Essa é a posição mais segura, porque protege o pescoço do bebê em caso de impacto.
·        
Poltronas para o posicionamento do cinto do carro (boosters): São poltronas ou "banquinhos" que servem para a criança ficar mais alta e dessa forma usar o cinto normal do carro na posição correta.

Esse tipo de assento de elevação pode ou não ter encosto. No caso dos sem encosto, é necessário que o carro tenha proteção para a cabeça, que evita o efeito de "chicote" em caso de acidente, um grande causador de lesões na medula espinhal. 

Os assentos de elevação com encosto têm a vantagem de posicionar melhor a parte superior do cinto, pois costumam ter "passantes" e ser ajustáveis à altura da criança. 

Só podem usar esse tipo de poltrona crianças com mais de 4 anos de idade, segundo a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), mas não tenha pressa de fazer a mudança. 

A legislação brasileira afirma que esse tipo de cadeira é obrigatório para crianças de até 7 anos e meio, mas o ideal é que ela seja usada até a criança ter 1,45 m de altura. 

A partir daí ela pode passar a utilizar o cinto normal do banco, sem assento. 

Como instalar a cadeirinha:


Instalar a cadeirinha do carro não é tarefa fácil. É preciso passar o cinto de segurança do veículo pelos locais indicados no manual de instrução do assento (nem sempre muito bem explicado) e apertar bem, até que a cadeira praticamente não se mexa. 

Para isso, você ou quem estiver lhe ajudando terá que literalmente subir na cadeira, para forçá-la contra o estofado e garantir que a instalação esteja realmente firme. 

De acordo com especialistas, o melhor lugar para a instalação da cadeirinha é no assento do meio do banco traseiro, para diminuir o risco de um impacto no caso de acidentes. Sempre que possível, reserve esse lugar para a criança mais nova. 

Não adianta ter a cadeirinha e não prender seu filho direito. O cinto da cadeirinha precisa ser colocado de forma que apenas um dedo caiba entre o cinto e o corpo da criança. Ou seja, o cinto precisa ficar justo. 

Você saberá que ele está bem colocado se não conseguir "pinçar" o tecido usando os dedos polegar e indicador.

O motivo disso é que, se o cinto estiver largo, além de a criança poder se soltar, no caso de acidente haverá um forte impacto do corpo dela com o cinto. Isso já é suficiente para provocar lesões graves. 

Em outros países, como nos Estados Unidos, os carros são equipados com um sistema, chamado LATCH, que facilita a instalação das cadeirinhas. 

No Brasil o sistema não é obrigatório, portanto você vai precisar instalar o equipamento com o cinto de segurança do veículo. 

A regularidade no uso também é essencial. Não use a cadeirinha só para viajar, ou apenas em distâncias mais longas. 

Acostume seu filho a usá-la sempre, nem que seja para ir até a esquina. 

Leia abaixo os principais pontos da resolução do Contran: 

·         Crianças de 0 a 1 ano têm que usar bebê-conforto ou poltrona reversível voltados para a traseira do veículo.


·         Crianças de 1 a 4 anos têm de usar cadeirinha.


·         Crianças de 4 a 7 anos e meio têm de usar assento de elevação, ou "booster", com o cinto de segurança de três pontos do carro.


·         Crianças de 7 anos e meio a 10 anos devem viajar no banco traseiro com o cinto de segurança do veículo.



·         Se houver mais de três crianças abaixo de 10 anos no carro, a mais alta pode ir no banco da frente com o dispositivo de retenção adequado (cadeirinha ou booster, se tiver menos de 7 anos e meio) para sua altura e peso.

O mesmo se aplica a carros que não tenham banco traseiro ou em que não seja possível instalar cadeirinhas.



    Deixe seus comentários.



Estomatite infantil - o que é, sintomas e como tratar


20 de set de 2016


Olá queridos,



Estomatite infantil - O que é, sintomas e como tratar



Estomatite infantil - o que é, sintomas e como tratar



Na semana passada o meu filho estava com uma afta na boca e para nós adultos já é horrível né, imagine para uma criança.Então hoje vou falar sobre a estomatite infantil e o que fazer nessa situação.



O que é estomatite infantil?




É uma infecção viral muito frequente em crianças que provoca o surgimento de aftas e de feridas na garganta e na boca. A condição é geralmente ocasionada pelo vírus chamado de Herpes simples (HSV-1) ou pelo vírus Coxsakie, também agente de uma doença conhecida como doença mão-pé-boca.

A estomatite infantil acomete crianças de ambos os sexos e provoca falta de apetite, irritabilidade, febre e dor, levando os pais geralmente a logo procurarem por ajuda. Normalmente, a doença tem início depois de passados 5 dias do contato com outra pessoa doente, ocasionando os sintomas acima mencionados.







É um pouco complicado prevenir a estomatite, já que o vírus é facilmente transmitido e fica em nosso organismo para sempre. O importante é manter o corpo forte e saudável para que o vírus não encontre condições de se manifestar.

Como a estomatite aparece na criança?


Grande parte dos adultos carrega o vírus causador da estomatite infantil, pois é um agente que adquirimos na primeira infância. O vírus é facilmente transmitido através do simples contato, sendo que ele irá acompanhar a pessoa pelo resto da vida.
Sempre que o vírus encontrar condições ele irá se manifestar, por isto é fundamental manter o organismo forte e saudável. Diante de um sistema imunológico debilitado, podem ocorrer novamente casos de estomatite.
Durante os meses de inverno a estomatite infantil é ainda mais frequente, pois passamos a ficar em ambientes fechados e em aglomerações.
Com base nas inflamações na boca e na garganta o médico irá receitar alguns medicamentos, assim como indicar medidas para diminuir os sintomas e transtornos. A primeira infecção viral é geralmente a mais forte e a que leva a mais desconfortos, por isto a condição se manifesta com mais força em bebês e em crianças. Com o devido tratamento a situação é facilmente contornada, no entanto, o vírus continua a viver no organismo, manifestando-se sempre que encontrar as condições adequadas.
Sintomas 
A estomatite infantil leva ao surgimento de pequenas lesões na garganta e na boca depois de cerca de 5 dias do contato inicial. Estas lesões medem em torno de 1 a 5 mm de diâmetro e costumam ser acinzentadas ou amareladas na região central e mais avermelhadas para fora.
Dependendo do estado do organismo e do vírus causador os sintomas podem variar em intensidade e em gravidade. As lesões tendem a surgir mais na parte de dentro das bochechas, na língua, no céu da boca, no fundo da boca e nas amídalas. As gengivas também podem ficar bem inchadas e inflamadas, ocorrendo até mesmo sangramentos em algumas situações.
As aftas e as lesões provocam bastante dor e, provavelmente, a criança ficará bem irritadiça e sem apetite. Os bebês pequenos irão babar mais do que de costume e chorar bastante, sendo que mau hálito também é um sintoma comum desta condição. 


Como tratar a estomatite infantil?



A primeira coisa para lembrar é que, como é uma infecção causada por vírus, antibióticos não fazem efeito nenhum. As lesões na boca devem passar em uma ou duas semanas. 

Veja a seguir algumas dicas para aliviar o desconforto do seu filho e mantê-lo o mais saudável possível:

·         Medicamentos à base de paracetamol ou ibuprofeno podem ajudar a diminuir a dor e a febre (nunca dê aspirinas a ninguém com menos de 20 anos, porque ela pode levar a uma rara, porém grave, doença chamada síndrome de Reye). Se a dor for tão forte que a criança não conseguir comer ou beber nada, seu médico poderá receitar um analgésico mais forte.

·         Embora a criança não tenha vontade de beber nada por causa da dor ao engolir, é importantíssimo mantê-la hidratada. Tente oferecer bebidas mais frias, não ácidas e não gasosas -- água, milk shakes ou sucos diluídos (de maçã, por exemplo) são boas opções. A desidratação pode aparecer rapidamente em crianças pequenas. Ligue para o médico se seu filho ficar mais de seis horas sem urinar ou beber nada.


·         Procure dar alimentos mais frios também, como sorvete e iogurte, e comidas menos temperadas, como macarrão só na manteiga ou com azeite e purê de batata ou mandioquinha.


Existe prevenção contra a estomatite?

É difícil impedir as estomatites, já que o vírus está no corpo de tantos adultos e crianças e é facilmente transmitido (assim como o coxsackie) através do contato normal entre pessoas. 

O que é possível fazer é não deixar as crianças perto de alguém que esteja com uma infecção por herpes ativa ou qualquer lesão na boca (e isso inclui você também).


Se as feridinhas na boca forem causadas pelo herpes, o vírus ficará no corpo para sempre. A boa notícia, no entanto, é que o primeiro surto de estomatite costuma ser o pior, e o problema não necessariamente se repetirá a toda hora.


No vídeo abaixo dou dicas para aliviar os sintomas da Estomatite Infantil.






O seus filhos já tiveram estomatite?

Me contem.




Esmalte da semana - Malbec Anita


19 de set de 2016


Oi queridos,


Esmalte da semana - Malbec Anita



Faz um tempinho que falei sobre esmalte não é? Estou com esse esmalte a um tempinho para testar, então aproveitei que o esposo estava em casa para ficar com o filho e fui cuidar um pouco de mim :).



O esmalte é o Malbec da coleção da Anita Outono/inverno 2016, com seis cores inspirada em vinhos. Eu comprei dois da coleção o Carménére Conferir o post e o Malbec que vou falar hoje.




Apresentando: Projeto Amigos Blogueiros


14 de set de 2016


Olá queridos,


Apresentando: Projeto Amigos Blogueiros


Hoje vou apresentar meu mais novo projeto: Projeto Amigo Blogueiro.Toda semana, um tema diferente será abordado por um dos blogs envolvidos, dentro do assunto maternidade e paternidade, cada um com seu olhar e ponto de vista diferente.




Comemore Aniversários infantis ao ar livre


13 de set de 2016


Oi queridos,

Adoro planejar festa de aniversário ainda mais do meu pequeno, e o que vocês acham de festa ao ar livre como piquenique?

Eu já adorei a ídeia só que como o meu filho faz aniversário em Junho que é muito frio não dá né, mas para mamães que os filhos fazem aniversário no calor acho uma ótima ídeia.
Vamos conferir.

Formato Piquenique


Para os que tem crianças que fazem aniversário em Setembro, aproveitem a chegada da primavera e desfrute de um aniversário ao ar livre! Hoje compartilhamos com vocês algumas ideias fantásticas, se você tem vontade de celebrar o aniversário de seu filho de uma maneira especial ao ar livre. Aqui mostramos algumas ideias!



A ideia de estender uma toalha e desfrutar de um lanche ao ar livre é genial. Já compartilhamos com você algumas ideias de como organizar um piquenique e é super simples, original e tanto os mais velhos como as crianças se divertem. A chave está em fazê-lo com muito carinho: preparando uma comida gostosa e deixando tudo ao alcance de todos. As crianças irão aproveitar brincando e os pais estarão tranquilos para poder relaxar com amigos.




Como manter uma alimentação saudável na gravidez


8 de set de 2016


Olá queridos,




Como manter uma alimentação saudável na gravidez


Todo mundo sabe que manter uma alimentação saudável na gravidez é uma tarefa difícil, posso dizer por mim, comi muito durante a minha gestação, quer dizer comi por dois :).


Só que toda essa comilança não foi bom, pois engordei 28 quilos, e no final da gravidez não conseguia andar, estava inchada e tive pressão alta, se pudesse voltar atras com certeza tinha feito tudo diferente.


Então aqui vai algumas dicas para as futuras mamães se manterem saudáveis na gestação:





Tapetes Daskom - Segurança e diversão para as crianças


6 de set de 2016


Olá queridos,


Hoje venho falar do Tapete que recebi da Daskom  na semana passada e posso dizer que estamos adorando o produto. Quando a mãe monta o quarto do bebê ela já pensa em um lugar para a criança brincar não é? E na hora de escolher um tapete olhamos o designer, mas o primordial é que seja seguro para a criança poder brincar sem se machucar.


È aí que apresento o tapete que recebi, vamos conferir:




Vitaminas para uma vida saudável


1 de set de 2016


Olá queridos,

Vitaminas para uma vida saudável


A algum recebi da Vita Vale três tipos de vitaminas são eles o zinco, selênio e colágeno e sinceramente adorei.

Vitaminas para uma vida saudável