Volta ás aulas - Como lidar com esse momento


21 de fev de 2018




Como lidar com a  volta ás aulas 



Filho, hoje um novo ciclo se inicia, não te deixarei em um lugar estranho, mas sim, te levarei a um lugar especial, com pessoas especiais,  aonde você irá conhecer um mundo muito maior do que aquele que você já conhece e não se preocupe, pois eu irei te buscar, depois que sua aula acabar, para te dar um abraço apertado e você me contar as maravilhas que aprendeu!

Christiane Junqueira

Enfim  as aulas começaram!!. Para alguns uma festa, estão empolgados, foram atras do estojo do personagem predileto a mochila da princesa preferida é por aí vai. Mas este momento não é maravilhoso para todas as crianças, alguns nem sabem que as aulas irão começar, como é o caso das crianças da primeira infância, alguns quando a mãe começa a falar que as férias estão acabando já começam a sofrer, outros estão mudando de escola  e tem aqueles que nunca foram para a escola.

 Ufa!!! Quanta coisa né? Mas é assim mesmo que acontece, todo início  de aula temos crianças sendo recebidas nas escolas em diversas idades, em diferentes momentos e como não poderia deixar de ser um turbilhão de emoções e expectativas despejadas nesse momento.

Mas calma, como se diz para tudo tem um jeito e isso é só um momento, o desconhecido assusta para nós adultos imagina para a crianças?, Mesmo para aqueles que já estão acostumados assusta, gera ansiedade,, afinal é um novo ano e não sabem como será. De cara terão  que se adaptar com a mudança da professora que conviveram por um ano, os amigos mudam de sala, novos chegam e lá vão os pequenos para mais um período de adaptação. Outros literalmente entrarão em um mundo desconhecido, pela primeira vez ficarão afastados da mãe, da protetora que tanto amam e serão entregues aos braços de alguém que nunca viram!

Mas é os pais? Haaaa os pais, esses sofrem também,  por tudo aquilo que preveem que o filhos possam sofrer, por achar que estão sendo cruéis em deixar o filho bebe na escola, por deixar o dia inteiro, por pensar se estão tratando bem, etc e etc. Arisco dizer que os pais sofrem mais que os filhos.

Nossa, mas que trágico!! Calma não é tão trágico assim é você verá!

É muito importante  que os pais parem e reflitam sobre esse momento, o quando esses sentimentos afetam não só o momento da criança mas o deles também. Trabalhar consigo mesmos como lidar com  esse início às aulas, e assim ter segurança para conversar com filho.

Lembrem-se: Pais seguros, filhos seguros. Pais inseguros, filhos inseguros!! Crianças são reflexo espelho do comportamento dos pais!

 Vale lembrar que dizer ao filho apenas  sobre o lado legal, que é quando compramos os materiais, como forma de incentiva-lo não  é efetivo. Às vezes a criança se empolga pela mochila nova por exemplo,  mas quando chega na escola e se depara com a realidade, deprime e não quer entrar, ou não quer voltar no dia seguinte. Então atenção papais: Nada substitui a segurança de uma boa é franca conversa!! As crianças são perfeitamente capazes de entender.

Saiam com eles para comprar os materiais, esse momento também é legal e importante, pois estão participando do processo de retorno/início às aulas entre outros ensinamentos que este momento pode proporcionar, mas antes conversem, encorajem, contém  de suas experiências quando estudavam, falem sobre a importância do estudo na vida deles, quantas coisas irão aprender e também farão amigos, muitos deles que levarão para a vida toda, ou seja, apresente ao seu filho uma escola legal, mostre com exemplos a importância de se estudar,  pois assim dever ser, e não apenas um lugar que tem obrigação de ir e se dedicar, e dizer que é importante! Tudo na vida dever ter um sentido, e para o adulto a escola já tem um sentido mostre esse sentido para seu filho.      

Para as crianças que estão indo à escola pela primeira vez, e as que são muitos pequenas, o choro pode estar presente nos primeiros dias diante da separação, separação essa que causa angústia na criança, diante do espaço e de pessoas desconhecidas. Por isso, é de fundamental importância a total confiança na escola escolhida, que passam  seguros com a instituição e profissionais, passa segurança para a criança quando for falar do lugar aonde irá ficar e das pessoas que o irão receber. Mas não é só isso, como todos sabemos, existe nas escolas o período de adaptação, aonde pais farão sua parte encorajando o filho, dizendo: Filho, essa é a professora que ficará com você e você fará muitas atividades legais com ela e com seus amigos. Mencione que você irá embora mas voltará para buscá-lo assim que as atividades acabarem. Procurem dizer francamente a hora, por exemplo: para crianças que estudam de manhã dizer: Eu volto te buscar para almoçarmos juntos, no caso de crianças que estudam a tarde dizer: eu volto te buscar no final da tarde, para tomar banho e jantar. Essa ultima serve para crianças que estudam o dia inteiro. O importante é dar exemplos que farão a criança ter a noção do tempo que ficarão na escola e não angustiarem por uma espera. As crianças menores não tem noção do que significa “você estudará no período da manhã” mas sabem o que é almoçar. Desta forma, a criança também se sentirá mais segura e confiante para aceitar o novo local e explorá-lo.


Não se esqueçam ainda que na escola é um lugar com pessoas capacitadas para acolher e tranquilizar as crianças, e receberão o apoio que precisam. As crianças que já estão acostumados com a escola, sofrem com a mudança feitas pela escola para o novo ano e também da  rotina que é totalmente diferente nas férias.  Cabe a escola, nos primeiros dias de aula ajudar com a readaptação destas crianças, oferecendo um ambiente acolhedor onde a criança se sinta à vontade.



Receita de Pão de leite super macio


20 de fev de 2018





Receita de Pão de leite super macio

Quem ai ama aquele pãozinho de leite da padaria ? Aqui em casa sempre faz o maior sucesso. Então resolvi procurar uma receita para fazer aqui em casa.

E não é que deu super certo, ficou fofinho, gostoso e melhor do que o de padaria 😊.

A receita original é daqui.

Mas agora vamos a receita deliciosa:



Receita de Pão de leite super macio

Ingredientes

·      550g de farinha de trigo
·      90g de açúcar
·      50g de leite em pó
·      16g de fermento biológico seco
·      7g de sal
·      2 ovos (1 na massa e 1 para pincelar)
·      50g de manteiga
·      300ml de leite
Preparo

1.  Colocar todos os ingredientes na tigela de uma batedeira e misturar, com o gancho para massas por 15 minutos em velocidade média.
2.  Untar uma tigela com óleo e nela colocar a massa - lambuze a massa com óleo e cubra a tigela com filme plástico.
3.  Deixe crescer até dobrar de tamanho.
4.  Despeje a massa crescida em uma superfície enfarinhada e corte-a em 16 fatias de tamanho igual.
5.  Com um rolo de massa abra cada pedaço de massa, depois enrole-o (como uma panqueca) e coloque cada pãozinho lado a lado em uma forma untada.
6.  Deixe crescer novamente até dobrar de tamanho (de 40 minutos a 1 hora).
7.  Pincele sobre os pãezinhos um ovo batido.
8.  Asse por cerca de 20 minutos a 200ºC (temperatura média-alta)

9.  Quando prontos retire imediatamente da forma e deixe esfriar em uma grelha

Se gostarem da receita compartilhem com as amigas e deixem aqui seus comentarios da receita 😉.




Cupcake de laranja para o lanche da escola


14 de fev de 2018






As aulas começaram e nada melhor do que opções para prepararmos um ótimo lanche para as crianças levarem para escola não é mesmo?

Esse Cupcake de laranja é uma excelente opção para o lanche das crianças , pois é fácil, saudável e você pode congelar e deixar para a semana.


Então vamos a receita:


* 1 xícara e meia de farinha de trigo
* Meia xícara de açúcar
* 02 ovos
* 2 colheres de sopa de manteiga
* Meia xícara de suco de laranja
* 01 colher de sopa de fermento em pó
* 1 pitada de sal



Modo de preparo:


Pré aqueça o forno a 180°;
Bata todos os ingredientes no liquidificador;
Reserve.

Agora separe as forminhas de silicone;
Coloque as forminhas de papel em cima da forma de silicone;
Essa quantidade de massa deu para 8 cupcakes.

Agora coloque a massa nas forminhas até a metade para não transbordar;

Deixe assar por 30 minutos ou até dourar.




PS: Àpos esfriar vocês podem colocar em saquinhos adequado para ir no freezer e congelar.
Para descongelar bastam tirar um dia antes do freezer e pronto.

Espero que gostem e depois venham me contar.








Praias para curtir o carnaval com as crianças


8 de fev de 2018



3 Praias para curtir o carnaval no Litoral Paulista

O Carnaval está chegando e essa é uma ótima oportunidade para viajar em família. Mas você tem dúvidas para onde ir com seus filhos? Eles ainda são pequenos e você acha que isso te impede?

Para te ajudar a planejar suas próximas férias ou aproveitar o feriado aqui em São Paulo, listamos 2 destinos com praia que oferecem condições para que você e sua família possam ter dias realmente divertidos e com o mínimo de problemas.

Logo de cara, parece um desafio viajar com bebês ou crianças pequenas, não é mesmo?

Mas na realidade o que precisamos é ter alguns cuidados extras, principalmente na escolha do hospedagem e da praia em si. É importante prestar atenção em algumas condições que as praias oferecem (não da ir para uma praia de tombo com bebês ou crianças). É necessário escolher locais onde o mar seja mais limpo e calmo. Procure se informar antes de fechar a sua viagem.

Outro fator primordial é verificar se por perto algum centro comercial, bons restaurantes e lugares para que os pequenos possam brincar.

Um item essencial, mas que a maioria dos pais esquecem, é verificar se há infraestrutura de atendimento médico,  contar com estabelecimentos que sirvam como ponto de apoio para qualquer emergência devem ser levados em consideração na hora da escolha do seu destino (para mim é um ponto fundamental). É preciso que haja estrutura para que os bebês/crianças fiquem confortáveis e assim todos conseguem aproveitar os dias de lazer fora de casa, sem chateações. Afinal é isso que queremos quando pensamos em viajar : aproveitar sem se aborrecer.

1. Praia da Feiticeira (Ilhabela - SP)

A Praia da Feiticeira em Ilhabela é uma praia de águas calmas, sem ondas com o mar parecendo uma piscina de águas cristalinas. Possui infraestrutura com quiosques e carrinhos de serviços. 
O acesso à praia ocorre por uma pequena trilha, pequenina mesma, mas que dificulta a entrada com carrinhos de bebê. Portanto aconselho o uso de carregadores portáteis.
Ilhabela oferece diversas praias, mas essa ganha o meu coração realmente pelo mar pacato.
Para chegar em Ilhabela é necessário pegar a balsa, e que muitas vezes podem ter filas. Uma dica é que se você estiver com bebê pode utilizar a faixa preferencial na balsa ( converse com um funcionário da  DERSA que eles orientam).
No Centro de Ilhabela  (Vila) há diversas atividades (no carnaval, por exemplo, tem blocos e muita diversão).
Ilhabela também conhecida como a capital da vela, oferece vários esportes aquáticos, o que é sucesso com a criançada.




Feiticeira (arquivo pessoal)


2. Barequeçaba ( São Sebastião -SP)

Barê, para os íntimos, é uma praia perfeita para ir com bebês e crianças. Tem mar calmo, praticamente sem ondas, possui uma extensa faixa de areia, com infraestrutura de quiosques e serviços. Lugar perfeito para curtir uma boa praia. Na praia, tem opções de passeios como banana boat, aluguel de caiaques, stand up paddle (que para crianças maiores, faz muito sucesso).
Conta com uma rede vasta de pousadas para todos os gostos e bolsos.




Barequeçaba (arquivo pessoal)

3. Santos


Foto arquivo pessoal


Santos fica à 70 km da capital, e é uma ótima pedida para fugir em feriados. Vale ressaltar que a qualidade da água é monitorada pela CETESB, e nem sempre ela é está limpa e própria para banho. Mas a cidade oferece muito mais que apenas a praia.

Algumas opções de passeio para se fazer com as crianças são:

- Aquário Municipal de Santos
- Museu do Mar
- Passeio de Bonde
- Museu do Pelé
- Bolsa do Café
- Orquidário Municipal
- Biblioteca Benedito Calixto
- Fonte do Sapo
- Passeio de Escuna

São tantas opções que Santos oferece, que as vezes a praia é só um detalhe.
Então aproveite e divirta-se.

Lembre-se que viajar com bebês e crianças requer um pouco mais de organização. Então faça um checklist antes de sair de casa, para evitar alguns contratempos.

E não se esqueça: capriche na proteção solar (protetores, roupas com FPS, bonés) e repelentes e boa diversão.


Tatiana Milani
autora do blog TripBaby&Kids 
www.tripbaby.com.br
Facebook e Instagram @blogtripbaby




Como viajar com crianças


3 de fev de 2018



Venho apresentar a minha mais nova colunista e nos posts da Tati vocês vão descobrir como viajar com crianças, como se programar, lugares para ir com os filhos e aproveitar ao maximo junto com os pequenos.
Com certeza ápos as dicas da Tati você vai ter uma viagem inesquecivel sempre 😉.

Ela preparou um super post e logo abaixo tem a apresentação desse querida.



Como viajar e aproveitar ao maximo a viagem com crianças



Viajar com criança ou bebê requer um pouco mais de organização do que uma viagem só com adultos. É preciso respeitar os limites da criança, e adequar o ritmo dos passeios, para que não haja estresse. Algumas dicas essenciais para aproveitar ao máximo sua viagem eu listo abaixo:


Como viajar com crianças

Ilhabela - 7 meses de idade

1- Respeite os limites das crianças
Viajar é sair da rotina, então tenha em mente, que algumas adaptações serão necessárias. Tente ao menos manter os horários das refeições e das sonecas o mais próximo do que os bebês/crianças estão habituados, com isso a chance de ficarem irritados ou cansados é quase nula.

2- Leve sempre um kit "salva nenê"
Kit salva nenê é uma brincadeira, mas tenha sempre com você uma lancheirinha com água, frutas e comidinhas/papinhas que o bebê ou as crianças gostam. Assim se você tiver algum imprevisto, ou quiser comer em algum outro lugar mais longe, as crianças não passaram fome.

3- Faça uma programação
Viajar com bebê requer organização. Trace um roteiro, adeque os passeios. Estude o destino. Organize seu tempo. Não importa para onde você vai, se você tiver dados sobre o destino, as chances de você ter uma viagem inesquecível é muito maior.

4- Utilize um checklist
Na hora de preparar as malas, utilize um checklist para não esquecer nada. Esse aqui é o que eu uso:

Como viajar com crianças



5- Confira a documentação 
Para cada local são exigidos documentos específicos. Lembre-se para sair do país, mesmo bebê, a criança tem que ter passaporte, (nos países do mercosul o RG é válido). Certidão de nascimento pode trazer alguns problemas, pois é um documento que não tem foto.
Lembre-se: alguns países exigem visto e certificado internacional de vacina da febre amarela. 

Caso a criança vá viajar sem um dos responsáveis, lembre-se da autorização de viagem do Juízado Especial.

Nós amamos viajar!!!


Como viajar com crianças


No alto da Torre de Bélem em Portugal


Sempre pensei que nossos filhos vem para somar nas nossas vidas, então se eu gosto de fazer uma determinada coisa, porque não inseri-los nisso?

E pensando dessa forma, nosso filho viaja conosco desde os 3 meses de vida, praticamente.

Eu adapto as viagens e passeios, da melhor forma para todos nós aproveitarmos. Em Portugal, por exemplo, eu visitava 2 cidades ou 3 até, em 1 dia, e a gente sempre se programava para dirigir no horário da soneca dele, e deu super certo!

Então, não tenham medo. Faça um roteiro, estude seu destino, se organize, que tudo dará certo. Se precisar, pode contar comigo. 


Beijinhos, 




Tatiana Milani, 40 anos, fisioterapeuta, casada e  mãe do Gabriel, de 3 anos. Amo viajar e passear, e depois que me tornei mãe essa vontade aumentou ainda mais. Quero poder apresentar o mundo ai fora para o meu filho, e nada melhor do que fazer isso viajando e assim conhecer novos hábitos e novas culturas. Escrevo o blog TripBaby (www.tripbaby.com.br) e o Instagram @blogtripbaby (www.instagram.com/blogtripbaby).